Muzenza 

HISTÓRICO

O Muzenza surgiu no bairro da Liberdade, como um tributo ao músico jamaicano Bob Marley (1945-1981), responsável pela difusão internacional do reggae. A inspiração na cultura afro-jamaicana veio da popularidade do ritmo nos anos 1980. O Muzenza era adorado pelos jovens foliões na década de 80, ficando conhecido como o “bloco do reggae” ou Muzenza do Reggae. No primeiro Carnaval do bloco, em 1982, cerca de 4.000 foliões desfilaram. Aos poucos, o Muzenza consolidou-se como um dos blocos que desenvolvem o maior número de variações rítmicas no Carnaval de Salvador. Em 1988, o grupo lançou o seu primeiro disco, “Muzenza do Reggae”, pela Continental.   

CURIOSIDADES

Algumas músicas dos compositores do bloco foram regravadas por artistas de renome nacional, como  Margareth Menezes (“Povo vem ver”), Carlinhos Brown (“Rumpillé”), Maria Bethânia (“A terra tremeu”), Gal Costa (“Brilho beleza”) e Daniela Mercury (“Swing da cor”). “Muzenza” é um termo de origem banto-kikongo, que significa “yaô dos nagôs”, nome dados aos iniciados no candomblé da linha de Angola. Em sua categoria, o bloco ganhou 12 vezes o 

título de campeão do Carnaval.

AÇÕES SOCIAIS

Aulas de dança, percussão e confecção de instrumentos.

PRESIDENTE

Jorge dos Santos

ENDEREÇO

Rua das Laranjeiras, nº 22, Pelourinho.

 

Texto do Catálogo Ouro Negro-Carnaval 2010

 

untitled

  Site Map